quinta-feira, 11 de agosto de 2011

“Acidentes e Quedas de UFOs” (workshop em São Paulo)


(o  mais extraordinário aspecto da evidência da presença alienígena)
















Placa alertando os "desavisados" a não se aproximarem da chamada Área 51, no Estado do Nevada (EUA).

Dia 21 de agosto (domingo), das 15 às 19 horas.

Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas (IPPB)

(Rua Gomes Nogueira, 168 – Ipiranga – São Paulo – SP)

CONFERENCISTA

Marco Antonio Petit
(co-editor da revista UFO)

TEMAS QUE SERÃO ABORDADOS

A onda ufológica norte-americana do século 19.
A queda de um disco voador na cidade de Aurora, Texas, no ano de 1897.
As aparições de UFOs sobre as bases militares no Estado do Novo México, EUA, em 1947.
A interferência da tecnologia militar dos EUA no funcionamento dos discos voadores.
O relacionamento entre nossas atividades nucleares e a presença dos UFOs.
O primeiro acidente com uma nave alienígena em tempos modernos, e o início do processo de acobertamento militar e governamental.
As tentativas de se abater UFOs no espaço aéreo dos EUA.
Área 51 e a busca da tecnologia extraterrestre.
A explosão de um disco voador no Brasil no ano 1957.
A presença acentuada de discos voadores no Estado de Minas Gerais.
O Caso Varginha.
Como e porque o Exército Brasileiro acobertou a queda e o recolhimento de uma nave alienígena no sul de Minas Gerais, em 1996.
Os encontros do conferencista com testemunhas civis e militares do Caso Roswell, e do Caso Varginha, contrarias ao acobertamento dos fatos, e as informações obtidas.
A verdade sobre o Inquérito Policial Militar (IPM) desenvolvido dentro das instalações da Escola de Sargento das Armas de Três Corações (ESA).

* Evento ilustrado com farta documentação visual, incluindo a apresentação de depoimentos (gravados), e documentos relacionados aos casos mencionados acima. 

Inscrições: (R$ 35,00) no local, no dia do evento, a partir das 14:30 hm.

Informações: marcoantoniopetit@gmail.com / (21) 9584-1014 (Petit) (11) 2063-5381 / 2915-7351 (IPPB – 12 às 18 horas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário